Gestão de torres

Updated on julho 18, 2017
Aplica-se a: 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017

Logo após a instalação de uma máquina puncionadeira no Lantek, um dos primeiros passos seguidos pelo técnico de implantação é a criação da torre, bem como suas posições, estações, ângulos possíveis, características (auto-index ou multitool) e zonas de garras.

Para isso é necessária a utilização dos Manuais de operação e programação do equipamento a ser configurado. Nele estão todas as informações necessárias para estas configurações.

Para demonstrar as configurações, neste artigo vou utilizar informações de uma máquina puncionadeira Murata, modelo Motorum M2044 TC com 22 estações.

O básico

Para se criar uma torre no Lantek, são necessários 4 passos básicos, e estes devem ser seguidos nesta ordem:

  1. Ter em mãos os manuais de operação e programação da máquina;
  2. Criar estações padrão (opcional);
  3. Criar a torre;
  4. Atribuir a torre à máquina respectiva.

Informações do manual da máquina

Com base nos manuais da máquina, foram extraídas as seguintes informações:

Layout da Torre

Com posições, respectivos tipos de estações e ângulos de montagem permitidos.

Dica!

Caso não encontre as informações de ângulos de montagem de ferramentas permitidos na torre nos manuais do equipamento, consulte um técnico ou verifique as chavetas disponíveis diretamente na máquina.

Zonas de garra

Ou zonas de segurança por tipo de estação.

Cada tipo de estação possui uma zona de segurança em X e Y, para golpes próximos às garras. Esses valores são diferentes para cada modelo de máquina e torre.

Diâmetros mínimos e máximos permitidos por estação

Cada tipo de estação possui um tamanho mínimo e máximo de punção permitido para montagem.
Para o exemplo, vamos utilizar os valores de ferramentas redondas e Oblongas.

Para facilitar a interpretação, a tabela abaixo representa os valores em milímetros.

Configurações no software

Agora podemos iniciar as configurações no Lantek.

Estações padrão (opcional)

(Opcional) Esta configuração pode ser pré-definida utilizando “Estações padrão” ou podem ser consideradas diretamente na Torre, durante a sua manipulação. Porém, mas facilitar, recomendo que utilize esta.

Para isto acesse no módulo CAM: Guia Gerenciar\  Punções\ Estações padrão

Vamos pré-definir (Criar…) quais os tipos de estações existentes na torre, suas respectivas zonas de garra, diâmetros mínimos e máximos permitidos e ângulos de montagem (apenas no caso de existência de um padrão de ângulos permitidos para cada tipo de estação, senão isto pode ser definido individualmente mais a frente na torre). Tudo com base nas informações dos manuais ou técnico da máquina.

Acima estão as telas de configuração das estações padrão.

Os passos de configuração são os seguintes:

  1. Criar…;
  2. Definir a referência (Nome da estação);
  3. Digitar os valores de zonas de garra: Esquerda (X), Direita (X) e Superior (Y);
  4. Digitar os valores de Diâmetro máximo e mínimo permitido na estação;
  5. Mais… ;
  6. Definir se a estação é (Sim) auto-index ou Não;
  7. Digitar ângulos possíveis de chaveteiro (Nova…), apenas em caso de existência de padrão. Senão, deixar a tela sem valores, para posterior preenchimento diretamente na configuração de Torre;
    Dica!

    No nosso exemplo, segundo a tabela “Ângulos de montagem permitidos”, podemos considerar a configuração dos ângulos já na configuração das estações padrão.

  8. Finalizar as configurações com o botão OK.

Repetir os passos 1 à 8 para todos os tipos de estação.

Dica!

Para ganhar tempo na configuração, pode-se utilizar o botão Copiar… para estações que tenham ajustes similares, como as zonas de garra da estações A,B, que são as mesmas e possuem apenas diferenças com relação à diâmetros máximo e mínimo.

Após as configurações, pode-se utilizar o botão Modificar… para reedição de valores ou Apagar, para eliminar uma configuração selecionada.

Quando tudo estiver pronto, clique em Terminar.

Torre

Nossa máquina exemplo possui uma torre circular de 22 estações.

No mesmo módulo, acesse a Guia Gerenciar\  Punções\ Torres\ <Manipular…>

Como estamos tratando de criação inicial, clique sobre o botão Criar…

Escolha o tipo de torre e defina a quantidade de estações.

Feito isso, uma nova tela se abrirá. Nela devemos definir uma referência ou nome para a nossa Torre.

Se quiser, pode inserir uma imagem .bmp com 135 pixels de tamanho pra representar o desenho da torre.

Dica!

Para facilitar na referência, você pode usar a marca ou modelo da máquina e à frente, a quantidade de estações da torre.

Agora começaremos a editar cada uma das linhas com adição das respectivas informações pré-coletadas do manual e pré-configuradas na opção de Estações padrão.

Basta selecionar a linha de posição 1 e com base no layout da torre, clicar sobre Tipo…, definindo o tipo de estação. Assim, serão atribuídas as respectivas zonas de garra e diâmetro máximo de punção permitido.

Para finalizar, clique em OK.

Não definiu estações padrão?

Como citado acima, a pré-definição de estações padrão é opcional. Dessa forma, caso não as tenha criado, você pode adicionar os valores de tipo de estação, zonas de garras, tamanhos máximo e mínimo, ângulos de montagem permitidos e se a estação é auto-index ou não, diretamente na tela de modificação.

Clique em Modificar… para ver os detalhes da posição.

Se necessário, pode ser alterado o valor da estação e pode-se complementar a configuração com adição dos ângulos de montagem permitidos para esta determinada posição e deslocamentos máximos e mínimos permitidos em X e Y (Mais…). Tudo conforme manuais.

Essas ações se repetirão a cada linha de posição, até que se chegue à ultima posição da torre.

Então clique sobre OK, para salvar os ajustes realizados.

E Terminar para finalizar a manipulação desta torre.

Com isso, nossa configuração inicial de Torre é finalizada.

Dica!

Uma vez criada a torre com base no manual da mesma, a manipulação desta só se dará novamente no Lantek caso haja algum problema na execução do CNC, aonde a máquina apresente erro de limite de eixos quando da realização de algum posicionamento próximo à zona de garras.

Atribuir a torre à máquina

Como o Lantek é um software de programação que atende a diversos fabricantes e modelos de máquinas, após a criação da Torre, é necessária a atribuição desta à respectiva máquina que a utilizará.

Para isto, basta acessar novamente a Guia Gerenciar\  Punções\ Torres\ Atribuir torre a máquina

Selecionar a máquina desejada (OK) e selecionar a torre respectiva desta, finalizando a atribuição ao clicar em OK novamente.

Com isso finalizamos nossa configuração!

Se preferir, confira o vídeo com todos os detalhes da configuração.

 

Confira mais artigos relacionados ao assunto de puncionadeira:

Ferramentas de forma (Especiais)

Gestão de punções e matrizes


Ainda ficou com dúvidas sobre a utilização deste recurso?

Deixe seu comentário para melhorarmos ainda mais o conteúdo deste artigo.

 

Was this article helpful?

Related Articles

Add A Comment